terça-feira, 24 de outubro de 2017

Andarilhando por ruas de Sevilha

Gostei bastante de andar por estas ruas de Sevilha com a sua bela arquitectura.



São muitos as antigos estabelecimentos que ainda conservam as fachadas de outros tempos.
O metro de superfície ziguezagueando pelas ruas de Sevilha. 
A igreja de San Pedro é um templo católico de estilo mudéjar construído no século 14 e renovado nos séculos XVI e XVIII . Está localizado na Plaza de San Pedro, na cidade de Sevilha, e é o lar da Paróquia de San Pedro e San Juan Bautista
Retábulo principal da igreja, realizado por Felipe de Ribas entre 1641 e 1657, com a colaboração de seu irmão Francisco Dionisio
Escultura de Santa Ángela de la Cruz diante da igreja de San Pedro.

Sevilha, Agosto de 2017. 

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Jardim particular de Las Dueñas

O jardim do  Palácio de Las Dueñas é cheio de luz com a fachada do palácio coberta por uma bela buganvila que a "pinta" de cor na altura da floração, enredada entre janelas e arcos. A paleta de cores estende-se também a todos os recantos deste jardim, uma explosão esplêndida e luminosa de flores que nos contam uma eterna primavera no Palácio de Las Dueñas. Este jardim é de uma grande elegância e beleza cheio de tesouros por descobriremos. 
O jardim está cheio de belos recantos e pátios com árvores de grande porte que o tornam de uma grande beleza e muito refrescante no Verão.




Neste belo espaço reina um silêncio que quase dá para ouvir os insectos vibrando e saltando nas flores.


Sevilha, Agosto de 2017.

domingo, 22 de outubro de 2017

A-Mar Setúbal

A-Mar - Amar Setúbal é amar Portugal, este é o slogan dum original e moderno
espaço muito bem localizado no centro da cidade de Setúbal mesmo ao lado do Forum Luísa Todi com propostas irresistíveis na gastronomia, vinhos, artesanato, arte e turismo.

O café é excelente e o atendimento muito bom, atendimento à mesa o que hoje em dia já não é muito usual.

Na mercearia A-MAR Setúbal encontra uma óptima selecção de produtos regionais portugueses, de pequenos produtores e grande qualidade. Dos pães regionais, aos queijos e presuntos, azeites, conservas, temperos e ervas aromáticas, bolachas artesanais e chocolates, há de tudo um pouco. Também a garrafeira pretende representar a diversidade nacional, com vinhos de todas as regiões, com a região da Península de Setúbal em destaque.
Idalisa apreciando as belas peças de artesanato.
No A-MAR  Setúbal encontra lembranças únicas, criadas por artesãos de diferentes regiões do país, e uma selecção dos melhores vinhos, azeites, biscoitos, queijos, enchidos, conservas, compotas, pães regionais, chás e muitos outros produtos portugueses e estrangeiros que fazem as delícias dos paladares mais exigentes.
A garrafeira pretende representar a diversidade nacional, com vinhos de todas as regiões, com a região da Península de Setúbal em destaque.



Setúbal, 15 de Outubro de 2017

sábado, 21 de outubro de 2017

Jardins do palácio de Las Dueñas

 Entramos no Palácio de Las Dueñas, entramos num jardim cheio de luz , que se comunicará com o pátio principal. A fachada coberta com uma buganvila que a mancha com cor, fúcsia e vermelho, enredada em janelas e arcos. A paleta de cores se estende para todos os cantos deste jardim, uma explosão esplêndida e luminosa de flores que nos contam uma eterna primavera no Palácio de Las Dueñas. Este jardim de entrada já nos fala de simplicidade, elegância e beleza de um palácio cheio de tesouros que descobrimos durante nosso passeio pelo interior e exterior do palácio.







Sevilha, Agosto de 2017.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Palácio de Las Dueñas - II

Bem no centro histórico de Sevilha, esta magnífica casa palaciana construída entre os séculos XV e XVI que toma o nome do mosteiro desaparecido de Santa Maria de las Dueñas, no qual foi construído. Desde os seus primórdios, foi propriedade de importantes famílias nobres de Sevilha até que em 1612 passou para as mãos da Casa de Alba graças ao casamento entre Antonia Enríquez de Ribera e Fernando Álvarez de Toledo, que seria o VI Duque de Alba.
Um aspecto da bela capela do palácio com magnificas pintura, por cima do altar uma obra de Neri di Bicci um pintor italiano do Renascimento.
 Uma sala com algumas roupas típicas da Andaluzia e a bandeira do Real Betis de Sevilha o clube mais antigo da cidade a sala está repleta de muitas lembranças e recordações da duquesa.
A magnifica e rica biblioteca particular.



Um aspecto destes belos e originais puxadores de portas.

Descansando um pouco num dos vários pátios interiores do palácio este em estilo árabe.


O palácio tem alguns agradáveis e refrescantes pátios interiores muito bem arranjados e impecavelmente ajardinados.
Idalisa ao pé desta magnifica escultura em pedra mármore.
Vitral com o Brasão de Casa de Alba.
Fiquei com o bilhete de entrada de recordação.
Sevilha, Agosto de 2017.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...