segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Las Setas da Encaración

Las Setas ou Metropol Parasol é uma estrutura que consiste em seis guarda-sóis com a forma de cogumelos, de grandes dimensões, cujo desenho se inspira nas abóbadas da catedral de Sevilha e dos ficus da praça Cristo de Burgos, próxima do local.
Bebendo um refresco no cimo destas magnifica estrutura e desfrutando da vista soberba sobre a cidade velha de Sevilha. A curiosidade é que estas bebidas já estavam incluídas no preço do bilhete para a visita ao monumento.


Metropol Parasol é uma construção de madeira na praça La Encarnación, na zona antiga de Sevilha e foi desenhado pelo arquitecto alemão Jürgen Mayer-Hermann, a sua construção terminou em Abril de 2011. Tem 150 por 70 metros e uma altura aproximada de 26 metros. O edifício é conhecido popularmente como Las Setas de la Encarnación ("Os cogumelos da Encarnación"). É a maior estrutura de madeira do mundo


Idalisa mirando a cidade.


O Metropol Parasol é uma obra polémica, por ter sido construída no centro histórico de Sevilha, eu achei fantástica esta "obra" e muito bem integrado sendo um marco da arquitectura moderna. A cidade com esta estrutura ganhou um museu, um mercado, uma praça elevada, bares e restaurantes  dentro dos guarda-sóis, além de um belo terraço panorâmico no topo da estrutura.

Sevilha, Agosto de 2017

sábado, 18 de novembro de 2017

Metropol Parasol

Metropol Parasol é uma construção de madeira na praça La Encarnación, na zona antiga de Sevilha e foi desenhado pelo arquitecto alemão Jürgen Mayer-Hermann, a sua construção terminou em Abril de 2011. Tem 150 por 70 metros e uma altura aproximada de 26 metros. O edifício é conhecido popularmente como Las Setas de la Encarnación ("Os cogumelos da Encarnación"). É a maior estrutura de madeira do mundo




É impressionante a beleza e dimensão desta verdadeira obra de arte que mais parece um puzzle gigante.


O Metropol Parasol está organizado em quatro pisos. O piso subterrâneo contém o Antiquarium, onde há vestígios arqueológicos romanos e árabes em exibição. O piso 1, térreo, é o mercado central. Os pisos 2 e 3 são terraços panorâmicos, havendo num deles um restaurante, com excelentes vistas sobre o centro de Sevilha.



Sevilha, Agosto de 2017

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Torre del Oro em Sevilha

A Torre del Oro é uma atalaia que remonta ao século XIII, foi erguida com a função de vigilância pelo Califado Almóada, visando evitar possíveis invasões pelo rio Guadalquivir. Uma das formas de protecção era uma gigantesca corrente que se desenrolava sob a água e era erguida para impedir a passagem de barcos indesejados.
A Torre del Oro serviu também como prisão, pois a sua actual designação deve-se à época do Antigo Sistema Colonial quando abrigava as riquezas chegadas nas frotas que vinham das Índias Orientais e Ocidentais.
Um aspecto do rio Guadalquivir que atravessa a cidade de Sevilha.





Aqui estamos nós à entrada da Torre.
Presentemente a Torre abriga o Museu Naval, com modelos, cartas de navegação, bússolas e documentação antiga.
Passando a citar do espanhol: "Tras ser conquistada, se utilizó como capilla dedicada a San Isidoro de Sevilla. Después se utilizó como prisión. Es completamente falsa la leyenda que presenta la torre como almacen del oro y la plata venidos de América."
Sevilha, Agosto de 2017

terça-feira, 14 de novembro de 2017

A bela Plaza de España

A Plaza de España, foi projetada por Aníbal González, um dos principais edifícios construídos no Parque Maria Luisa para exibir a indústria espanhola e a tecnologia. González, combinou um mix de Arte Deco dos 20 e "simulação de Mudéjar", e estilos Neo-Mudéjar. O complexo da Plaza de España é um grande semi-círculo, com edifícios continuamente correndo ao redor da borda acessível sobre o fosso por inúmeras pontes que representa os quatro antigos reinos da Espanha. No centro está a fonte Vicente Traver. Pelas paredes do Plaza estão muitos piso em azulejo alcovas, cada uma representando uma diferente província de Espanha.

Pelas paredes da Plaza estão muitos nichos em azulejos e decorações em loiça, cada um dos nichos representando uma diferente província de Espanha.
Uma das muitas e belas pontes toda ela forrada e decorada com loiças e belos candeeiros.



Aqui estamos nós ao pé do nicho dedicado à cidade de Burgos uma cidade de que temos boas recordações.

Sevilha, Agosto de 2017

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Praça de Espanha

A Plaza de España é um magnifico espaço, no Parque de María Luisa, em Sevilha, construído em 1928 para a Exposição Ibero-Americana de 1929, é um exemplo marcante do Regionalismo na Arquitectura, que mistura elementos da Neorrenascença, Moura Revival (Neo-Mudéjar) e estilos de arquitectura espanhola.
É uma praça encantadora e uma referência na cidade.


A construção está realizada em ladrilho com ampla decoração cerâmica e ferro forjado.

O casalinho maravilha desfrutando deste espaço magnifico e de grande beleza.
A Praça tem 200 metros de diâmetro, com uma forma semielíptica que simboliza o abraço de Espanha às suas antigas colónias e olha o Guadalquivir como caminho a seguir até a América. A sua superfície total é de 50.000 metros quadrados, dos quais apenas 19.000 estão edificados.
Tem um canal a rodear a praça que percorre 515 metros e é atravessado por quatro pontes, como as que se vêm na imagem abaixo.
Este lago envolvente torna o local um pouco mais fresco nestes dias de Verão escaldante.


Sevilha, Agosto de 2017
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...