sábado, 23 de setembro de 2017

Igreja do Castelo - Arraiolos

 Igreja Nossa Senhora do Castelo também conhecida por Igreja do Salvador está situada no centro do castelo de Arraiolos. A confirmação do Foral de Arraiolos, no ano de 1310, veio encontrar o novo castelo já terminado, fazendo menção à existência da Igreja Matriz do Salvador, pitorescamente colocada no ponto mais alto do lugar.


No tempo de Dom João I, depois da grave crise de 1383-85, o novo Rei oferece Arraiolos ao seu braço-direito, D. Nun’Álvares Pereira, a quem é entregue o título de Conde de Arraiolos. O Condestável, firmemente decidido em contribuir para o sucesso do projectado Portugal, entrega-se ali aos desígnios do céu e será a partir da Igreja do Salvador, num acto profundamente vincado pela Fé que corporiza a sua intervenção militar, que prepara as muitas incursões que chefiará contra Castela que virão a traduzir-se de forma cabal nos mais importantes argumentos a apoiar a causa Nacional.

Não podiam faltar os belos tapetes de Arraioles na Igreja. 




Arraiolos, Agosto de 2017. 

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Restaurante O Alpendre em Arraiolos

Um restaurante muito agradável  fresco e ser fresco é muito importante pois Arraiolos no Verão é um "Inferno" temperaturas muito altas, neste dia estavam mais de 40º.
Uma sala muito agradável e bem decorada. 

Não podia faltar as entradas. 



A conselho do chefe, comemos uma massinha de peixe que estava uma maravilha muito bem apurada e saborosa, com peixe bem fresco e faço esta referência porque Arraiolos é uma terra de interior.


Depois de uma boa refeição é indispensável um bom café. 
Arraiolos, Agosto de 2017. 

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Outros olhares em Arraiolos

Um passeio pelas ruas de Arraiolos, neste dia estava mais de 40º.


O coreto no jardim municipal.

Uma bela e bem cuidada Ermida.

Igreja Matriz de Arraiolos, ignora-se a data da fundação desta igreja, contudo a mesma é dedicada à Nossa Senhora dos Mártires.
Apesar da sinalização a Idalisa parece perdida. 
 Uma rotunda que apresentan uma escala bem grande, uma cadeira típica alentejana, “com elementos relacionados ao tapete de Arraiolos”. Estes elementos surgem em homenagem ao artesanato e às tapeteiras.


A bonita Fonte da Pedra com lavadouro nas traseiras, localiza-se junto a Arraiolos na estrada nacional nº 251. A data da sua construção é do ano 1827.


Arraiolos, Agosto de 2017. 

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Tapetes de Arraiolos

Os Tapetes de Arraiolos são tapetes bordados em lã, com o ponto de costura com o mesmo nome, sobre uma tela de juta, algodão ou linho, característicos da vila alentejana de Arraiolos. O Bordado de Arraiolos tem a característica de dar à tapeçaria a resistência e consistência que permitem a reprodução fiel de todos os desenhos geométricos e da maior parte dos desenhos artísticos.

Alguns dos tapetes antigos que podem ser visto no museu de Arraiolos. 


Reparação e recuperação de alguns tapetes numa das muitas lojas de Arraiolos. 
Este tapete foi acabado e lavado e está a secar ao ar livre no jardim. 
O Monumento à Tapeteira foi inaugurado no dia 23 de Dezembro/2001, com toda a importância histórica que releva do artesanato a que Arraiolos deu o seu próprio nome.
O Monumento é da autoria de Armando Alves.

Arraiolos, Agosto de 2017. 

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos

Em cima o edifício do Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos um dos mais antigos e históricos da vila de Arraiolos, tendo aí funcionado o Hospital do Espírito Santo desde finais do século XV ou inícios do século XVI, desconhecendo-se a data precisa da sua construção. Situado na praça do Município, centro social, político e económico da vila de Arraiolos desde o século XVI, o Hospital do Espírito Santo, fundado em 1353, terá funcionado noutro local da vila, presumivelmente mais perto das muralhas do castelo, onde até ao século XVI estiveram as mais importantes instituições da vila de Arraiolos.
Fiquei encantado com a quantidade, qualidade e beleza dos tapetes expostos no museu. 




A coleção denominada de “Tapetes de Arraiolos” é constituída por exemplares do bordado arraiolense de diferentes épocas e fases decorativas, podendo ser balizada entre o século XVII e o século XXI.

A colecção foi constituída a partir da pré-existência de uma coleção de tapetes de Arraiolos pertencente à Câmara Municipal de Arraiolos, a qual foi incorporada no Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos. Contudo, a maioria dos tapetes pertencentes a esta colecção foram incorporados através da compra e de réplicas de tapetes antigos, de doações e depósitos de particulares e fundamentalmente através de depósitos de média e longa duração de algumas das mais importantes instituições do panorama museológico português. Nomeadamente, o Museu Nacional de Arte Antiga, o Museu Nacional Machado de Castro, a Casa dos Patudos – Museu de Alpiarça e o Museu de Évora. 



Para quem gosta de tapeçarias é imprescindível uma visita a este museu. 

Idalisa entalou os dedos na porta da casa de banho do museu e teve que pôr gelo. 
Arraiolos, Agosto de 2017. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...